ALICIA KEYS

ALICIA KEYS

Alicia Keys

Os dotes musicais de Alicia Keys começaram a dar nas vistas quando ela tinha apenas cinco anos de idade.

Aos 16 anos, as suas qualidades extraordinárias permitiram-lhe terminar os estudos na escola de Artes Interpretativas de Manhattan. Assim que acabou, a Universidade de Columbia admitiu-a e mesmo tendo intenções de estudar, o seu desejo de concentrar-se numa carreira musical falou mais alto.

Nascida e criada em Manhattan e plenamente consciente da sua alma “antiga”, apesar de viver num bairro marginal de Nova Iorque, Hell’s Kitchen, onde reinava Biggie e Jay Z, o talento de Alicia transformou-se numa estranha mistura com sabor a hip hop, aliada a letras sinceras e perspicazes. A cantora é também detentora de uma enorme força vocal, demonstrada nas suas atuações ao vivo, e é uma pianista com formação clássica.

Depois de disputas entre discográficas Alicia Keys assinou um contrato com a Arista Records, em 1998, e ,posteriormente, com Clive Davis e a J Records, e continuou a compor, produzir e gravar o primeiro álbum, que tinha começado a escrever aos 14 anos. As criações que surgiram no estúdio revelaram de imediato o talento da cantora e o potencial sucesso comercial. A primeira parte do álbum de estreia, “Songs In A Minor”, incluindo as faixas ‘Fallin’ e ‘Troubles’, foi composta e produzida por Alicia Keys, que colaborou, ainda, com Jermaine Dupri, em ‘Girlfriend’, e com Isaac Hayes. em ‘Rock Wit U’. Ao interpretar o tema ‘Fallin’ no programa “The Oprah Winfrey Show” nascia uma estrela.

A cantora passou os dez anos seguintes a colecionar discos de platina e a lotar concertos de digressões mundiais. Venceu 14 premios Grammy, 5 American Music Awards, 4 MTV VMA e 3 EMA, entre muitos outros. Participou em filmes, lançou livros que chegaram aos tops de best sellers e liderou missões filantrópicas. Os álbuns “Songs In A Minor” (2001), “The Diary Of Alicia Keys” (2003), “As I Am” (2007) e “The Element Of Freedom” (2009) venderam mais de 30 milhões de unidades e deram a conhecer diversos êxitos, como ‘Fallin’’, ‘If I Ain’t Got You’, ‘No One’, ‘Karma’, ‘Superwoman’, ‘Doesn’t Mean Anything’ ou ‘Empire State of Mind (Part II)’, entre outros.

A realidade da vida acabou por “apanhar” a cantora, que perdeu a sua inspiração após o falecimento da avó. Depois disso separou-se do manager de longa data (Jeff Robinson), casou com o artista e produtor Swizz Beatz, com quem teve um filho, chamado Egypt. A partir destas experiências surgiu então uma nova e confiante Alicia e o quinto álbum de estúdio, “Girl On Fire”, no qual assume as rédeas da sua carreira. O primeiro single, o tema que dá título ao registo, foi apresentado ao vivo pela primeira vez nos MTV VMA 2012 e, posteriormente, nos MTV EMA.

«‘Girl On Fire’ é um tema sobre o encontrar da tua própria voz, sobre libertares-te e passares a confiar em ti e nos teus instintos», disse Alicia à MTV.

No sucessor de “The Element Of Freedom” (2009) Alicia trabalhou com Salaam Remi (The Fugees, Nas, Amy Winehouse), Babyface, Jeff Bhasker (Jay-Z, Beyoncé, Bruno Mars), Swizz Beatz, Dr. Dre, entre outros. Os britânicos Emeli Sandé (nos temas ‘Brand New Me’, ‘Not Even the King’ e ‘101’) e Jamie Smith, dos XX, bem como Bruno Mars (em ‘Tears Always Win’, o novo single), Frank Ocean (na faixa ‘One Thing’), Maxwell (no single ‘Fire We Make’); e John Legend (no tema ‘Listen To Your Heart’) também colaboraram com a norte-americana.

Em junho de 2013 a cantora lançou o CD e DVD “Storytellers”. O programa – que estreou na MTV Portugal em dezembro de 2012 – foi filmado e gravado em Nova Iorque e Keys interpreta, clássicos como ‘No One’, ‘Fallin’, ‘You Don’t Know My Name’, ‘If I Ain’t Got You’ e ‘Empire State Of Mind (Part II)’ e as mais recentes ‘Brand New Me’, ‘Girl On Fire’ e ‘New Day’.

“Fazer parte do Vh1 Storytellers foi uma experiência divertida e gratificante”, disse Alicia Keys, em comunicado. “Permitiu que eu pudesse fazer o que mais gosto quando atuo, que é interagir com o público e partilhar um pouco mais num ambiente intimista. Há uma história por detrás de cada música e eu pude realmente contar algumas delas”, completou.

A 28 de junho de 2013 Alicia Keys regressou a Portugal, para um concerto na Meo Arena, em Lisboa, o quarto concerto no nosso país, após a estreia no Rock In Rio, em 2004, e depois de ter lotado o Pavilhão Atlântico duas vezes, em 2008 e 2010.

CONFIRA OS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS

CONTRATE ESTE ARTISTA

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart